Caesb reduz fraudes com appliance Teradata

A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb), usou o Big Data para reduzir. Com a solução, a companhia diminuiu em 8,6% as fraudes de ligações de água e aumento da gestão dos cerca de 650 hidrômetros que medem o consumo de seus clientes. 

A empresa optou por um appliance da Teradata, com projeto iniciado no ano passado pela Maxtera. A solução foi integrada ao sistema comercial da empresa, ligado ao ERP da SAP, conforme reporta a Computerworld.

O sistema contém informações sobre a medição mensal do consumo de água, controle de contas e de faturamento, cadastro dos imóveis e gestão dos hidrômetros, bem como dados de fraudes.

Antes da implementação, o controle de todas essas informações era feito em planilha Excel e companhia decidiu mudar o processo com aquisição de soluções analíticas.

O objetivo era trazer mais inteligência ao sistema de gestão do grande volume de dados, permitindo cruzamentos para melhorar a tomada de decisão.

Segundo a estatal, um problema era a medição do consumo real de água. Segundo Valtrudes Franco, diretor de comercialização da Caesb, os hidrômetros têm uma vida útil média de cinco anos e caso não funcionem adequadamente ou não sejam trocados no tempo correto, geram prejuízos.

Cerca 40 mil hidrômetros foram trocados de outubro de 2012 a junho deste ano, número superior ao do mesmo período passado.

Segundo Franco houve também redução de contas de água fantasmas. Antes, o consumidor poderia solicitar o reabastecimento mediante a planejamento de pagamento da conta atrasada, identificando inadimplentes com maior rapidez.

Segundo o diretor, estas reduções em fraudes resultaram em uma aumento de 6% na arrecadação em 2012, possibilitando a compra adicional de 262 mil hidrômetros até o final do ano que vem.

Com os ganhos obtidos, Franco informa que a Caesb planeja estender ampliar as estratégias de Big Data, expandindo o uso de ferramentas analíticas para o resto da companhia.

“A ideia é unificar todos os bancos de dados uma base única para apoiar na tomada de decisão”, explica.

Blog Baguete em 21/10/2013 

Por Leandro Souza 

Categorizados em: Sem categoria